Qual é o seu objetivo na gastronomia? ~ Forno, Fogão e Cia Consultoria Gastronômica Chiarini Culinary Consultants Brasil

05/10/2015

Qual é o seu objetivo na gastronomia?

Premiações.

Nada mais instigante para um profissional de cozinha do que concorrer e ganhar premiações, sejam elas: troféus, diplomas, certificados, estrelas, figuração em listas importantes compiladas por publicações ou outros profissionais, isso faz parte do reconhecimento do trabalho executado durante a carreira, mas, fica a pergunta para esses profissionais:

Qual é o seu objetivo?


A gastronomia atual é rodeada de premiações, listas, estrelas e concursos, ultimamente tem sido abarcada pelos realities que transformam cozinheiros caseiros em "MasterChefs", juntam profissionais da cozinha numa concorrência para destacar este ou aquele profissional como sendo o melhor de sua localidade, estado ou país, é claro que isso é muito saudável e impulsiona a culinária local a crescer e aparecer com destaque, por consequência, o chef e o restaurante.

Premiações são ótimas para demonstrar a evolução da indústria de alimentação e seus profissionais, mas, é este o objetivo ou a corrida desenfreada para conquistar um prêmio acaba deixando de lado alguns princípios básicos da profissão cozinheiro?

O óbvio é que uma premiação só deveria ser concedida a quem mostra seu valor, respeitando esses princípios básicos, mas, a realidade pode não ser exatamente essa, alguns conceitos acabam do lado de fora do critério de escolha e com isso, cria-se uma ilusão que pode levar o profissional a cometer erros básicos.

Segurança alimentar é um desses princípios básicos que muitas vezes é deixado de lado ou por desconhecimento e domínio do assunto ou simplesmente porque o que importa é a conquista do prêmio.

O cozinheiro profissional é lembrado constantemente da sua missão de alimentar pessoas com comida de boa qualidade, saborosa, bem feita e bonita, mas, de nada adianta ser lembrado se os princípios básicos não forem respeitados.

A qualidade do alimento não está somente na sua origem, vai muito além disso, a manipulação, o armazenamento, a confecção, o cuidado e o respeito pelo ingrediente, são elementos que compõe o quesito qualidade e mais, dão ao alimento preparado com essas bases o destaque de seguro.

O cozinheiro que entra em uma competição precisa lembrar dessas bases o tempo todo para conquistar seu prêmio de maneira correta, esses concorrentes são julgados por outros profissionais ou críticos que deveriam inserir nos critérios de julgamento do quesito qualidade a segurança alimentar, o que em alguns casos ocorre ,entretanto, em outros, é simplesmente esquecido, então caberia ao cozinheiro colocar em primeiro lugar essa segurança para obter qualidade.

A pessoa que ingressa na profissão cozinheiro e faz cursos e especializações, é orientada a traçar objetivos para sua carreira, aplicando seus conhecimentos e conquistando espaços e até premiações, mas, o objetivo principal deverá sempre ser alimentar pessoas com comida de boa qualidade, saborosa, bem feita, saudável, segura e bonita.

Do que adianta um prato bem decorado, elegante, bonito se o alimento que está ali não foi respeitado?

Conquistar prêmios é importante para a carreira, mas, impressionar e conquistar pessoas pela qualidade e respeito ao alimento, proporcionando, sabores, aromas, texturas, beleza e principalmente alimentos saudáveis é muito mais, porque é isso que diferencia o profissional cozinheiro e traz a todo momento o melhor dos prêmios, a satisfação de ter alimentado alguém tornando-o mais saudável e feliz.