Os 50 melhores restaurantes do mundo. Lista de premiações ou de polêmicas? ~ Forno, Fogão e Cia Consultoria Gastronômica Chiarini Culinary Consultants Brasil

02/06/2015

Os 50 melhores restaurantes do mundo. Lista de premiações ou de polêmicas?

Publicada anualmente desde 2002 a lista dos 50 melhores restaurantes do mundo, feita pela The
Restaurant Magazine e patrocinada atualmente pela S. Pellegrino e Acqua Panna, contou na edição deste ano, com um protesto feito através da rede mundial de computadores em um site de assinaturas Occupy50Best.com, com um abaixo assinado elaborado que inclue manifestos e argumentos e que ganhou destaque entre muitos dos melhores chefs do mundo.
Nomes de grande importância para a gastronomia colocaram suas assinaturas no documento que levanta questões importantes para a alimentação saudável e que é a maior tendência mundial.

A lista.
Segundo o manifesto publicado no site da The Restaurant Magazine a respeito de como é feita a votação, os critérios para eleger cada um dos 50 restaurantes, que na verdade fazem parte de uma lista de 100, são pouco ortodoxos, não levam em conta nenhum fator que possa determinar qualidade dos ingredientes, sua manipulação, segurança alimentar ou qualquer outro que vá de encontro aos critérios da segurança alimentar. Simplesmente há uma votação de acordo com o "gosto" de cada jurado em um sistema intrincado de regionalização que fica confuso inclusive de entender, já que há entre esses jurados, chefs e donos de restaurantes que já figuraram na lista em edições anteriores e que possivelmente estão na desse ano.
Para demonstrar lisura no processo a The Restaurant Magazine contratou a Deloitte, uma das maiores empresa de auditoria para rever todo o processo e certificar que não há nenhuma tangência antes, durante e após as votações, tudo para que o anuncio seja feito com transparência.

O Abaixo assinado.
O site Occupy50Best.com levanta as seguintes questões: A falta de critérios quanto a escolha dos restaurantes, Os jurados que além de tudo são chefs e alguns candidatos ao prêmio, O resultado que se demonstra parcial, já que é feito por estes jurados, A questão de qualidade e segurança alimentar.

A petição aponta três restaurantes muito famosos como sendo culpados de intoxicar seus comensais com alimentos modificados por técnicas como a molecular e por falta de segurança alimentar e que mesmo assim foram "coroadas" com a premiação da lista.

A verdade.
Boatos ou não o que se pode comprovar é que apenas com pesquisas simples feitas no maior site de buscas do mundo, digitando o nome do restaurante acusado seguido da frase "closed for intoxicacion", aparecem diversos resultados de notícias veiculadas em meios de comunicação renomados, sobre o fechamento por períodos longos desses restaurantes por intoxicações e denuncias de clientes que passaram mal após terem se alimentado neles, portanto, há verdade nas acusações.
O mais engraçado é que se comparados esses resultados com as listas onde esses mesmos restaurantes foram premiados com lugares de destaque naquele ano, veremos que o único possível critério usado pela organização da lista dos 50 melhores e que está no manifesto, que é a de: "não premiar os restaurantes que ficaram fechados ou que estarão fechados, por pelo menos 3 meses durante o ano", foram totalmente desrespeitados e esses restaurantes figuraram em posições bem diferenciadas.

A importância da lista.
Hoje em dia o mundo inteiro fica aguardando o resultado da lista que é divulgada em duas fases: dos 100 restaurantes supostamente visitados as posições de 51º a 100º lugares, são divulgadas na semana anterior a da premiação criando uma expectativa entre os possíveis indicados, já os 50 melhores aguardam até o anuncio que é feito em um grande evento e reúne os indicados assim como no Oscar, através de convites para a noite de premiações, isso significa que se você recebeu o convite, você pode estar entre os 50 melhores.

A gastronomia brasileira em destaque.
Em 2014 Alex Atala ocupou o 7º lugar entre os melhores do mundo com o D.O.M e Helena Rizzo do Mani foi a única mulher premiada como a melhor chef mulher do mundo, ambos compareceram para a grande festa e receberam seus prêmios. Alex Atala, já premiado outras vezes, compareceu as anteriores.
Este ano ambos são premiados novamente o D.O.M de Alex Atala ficou em 9º, perdendo duas posições em relarão a ano passado e o Mani ficou com a 41º posição, mas, nem Atala nem Rizzo foram a festa para receber seus prêmios, apesar de ser uma informação irrelevante, isso também deixa dúvidas do porque, já que o protesto movimentou grandes nomes da alta gastronomia em seu apoio.

* Confira a lista dos 50 melhores no final da matéria.

O que é estar entre os melhores?
Significa figurar numa lista que garante que se você comer nestes lugares, estará experimentando comida segura e saudável?
Significa que sua experiência gastronômica será inesquecível porque terá a oportunidade de ter em seu prato os melhores e mais caros ingredientes do mundo em receitas elaboradas com as mais modernas técnicas da alta gastronomia?
Significa entrar em uma lista de espera para conseguir um lugar para jantar ou almoçar e talvez ter a oportunidade de ver nem que seja de relance o Chef premiado?
As respostas para estas e tantas outras perguntas podem estar reveladas na motivação de cada pessoa que assinou a petição contra o financiamento da premiação e da lista.

A gastronomia sofreu e vem sofrendo uma inversão de valores, antes eram os chefs que ficavam lisonjeados em poder ver um sorriso e a satisfação de seu cliente bem atendido, bem alimentado, com insumos de alta qualidade e um esmero de causar inveja a cientistas de tão criterioso que é o processo de manipulação em relação a segurança alimentar.
Hoje, são os clientes que ficam feito adolescentes empoleirados nas grades de um show de rock para adorar seus "ídolos" da cozinha, sem saber como tudo é feito e se houve algum critério nessa manipulação, se importando apenas com - "Quem fez? ou Quem assinou, foi o chef tal? Então é bom!"

A profissão de cozinheiro é uma das mais difíceis de seguir por conta das responsabilidades que ela traz, inverter esses valores é renegar muitas dessas responsabilidades e transformar uma carreira pautada em trabalho feito com critérios em show bizz, e afirmo - ser chef não é ser astro do rock!

O maior exemplo disso vem de ninguém menos do que Marco Pierre White que quando se aposentou das facas, devolveu suas 3 estrelas Michelin ao guia com uma carta que dizia: "não preciso mais delas". Em toda a sua carreira ele nunca fez questão de aparecer e estrelar brilhos que ele sempre considerou inúteis, já que sempre disse que tudo o que um chef precisa é lembrar que: "a mãe natureza e a grande criadora e artista e ele é apenas o cozinheiro".

O objetivo.
O que realmente deve ser o objetivo na carreira de um chef, ter estrelas, figurar em listas, estar em destaque, ser alvo dos flashes ou se tornar o melhor cozinheiro por suas receitas feitas com critérios, alimentos saudáveis e frescos, sabores aromas e texturas incríveis e que levam satisfação e um sorriso a quem os come?
É claro que se houver como juntar uma coisa a outra, tudo fica no campo do mundo ideal, mas, sabemos que não é bem assim, porque um chef depende de sua equipe e se ela não estiver nos padrões, tudo pode vir abaixo, e nem sempre ela estará por mais que ele, o chef, fique o tempo todo em cima.
O chef precisa criar e rever esses critérios todos os dias, é dele a responsabilidade de checar cada passo, ele assina a criação e dela tira sua fama, mas, não sem antes lembrar que ele é apenas o cozinheiro e que como tal, o que importa e dar vida a suas criações com o coração.

Alimentar pessoas é um ato de amor que leva como seu maior objetivo, torna-las felizes e saudáveis.

A Lista:
1) EL CELLER CAN ROCA
2) OSTERIA FRANCESCANA
3) NOMA
4) CENTRAL
5) ELEVEN MADISON PARK
6) MUGARITZ
7) DINNER HESTON BLUMENTHAL
8) NARISAWA
9) D.O.M - Alex Atala - São Paulo - Brasil
10) GAGGAN
11) MIRAZUR
12) L'ARPÈGE
13) ASADOR ETXEBARRI
14) ASTRID Y GASTÓN
15) STEIRERECK
16) PUJOL
17) ARZAK
18) LE BERNARDIN
19) AZURMENDI
20) THE LEDBURY
21) LE CHATEAUBRIAND
22) NAHM
23) WHITE RABBIT
24) ULTRAVIOLET BY PAUL PAIRET
25) FÄVIKEN
26) ALINEA
27) PIAZZA DUOMO
28) THE TEST KITCHEN
29) NIHONRYORI RYUGIN
30) VÊNDOME
31) RESTAURANT FRANTZÉN
32) ATTICA
33) AQUA
34) LE CALANDRE
35) QUINTONIL
36) L'ASTRANCE
37) BICO
38) AMBER
39) QUIQUE DACOSTA
40) PER SE
41) MANI - Helena Rizzo - São Paulo - Brasil
42) BORAGÓ
43) TICKETS
44) MAIDO
45) RELAE
46) RESTAURANT ANDRÉ
47) ALAIN DUCASSE AU PLAZA ATHÉNÉE
48) SCHLOSS SCHAUENSTEIN
49) BLUE HILL AT STONE BARNS
50) THE FRENCH LAUNDRY