Forno, Fogão e Cia Consultoria Gastronômica Chiarini Culinary Consultants Brasil

19/10/2016

Novas tecnologias nas cozinhas profissionais e conflito de gerações. Nossa participação no CONACHEFE.

Convidados por Ivan Lacerda, idealizador do CONACHEFE, participamos através de uma entrevista, onde falamos sobre a história da gastronomia no Brasil e no mundo, a realidade de nossa profissão, utilização das novas tecnologias nas cozinhas profissionais, o conflito de gerações entre os novos cozinheiros e as gerações anteriores, glamour da profissão e muito mais.

Confira no vídeo estes e outros assuntos sobre a gastronomia brasileira.



13/10/2016

O horário de verão e a sua alimentação.

Rimou não é?

Pois bem, todos nós temos um relógio interno que nos avisa quando algo estar errado ou fora de sintonia, nosso metabolismo é antes de mais nada um grande amigo a qualquer hora e, ele é diretamente afetado por diversas condições climáticas e de tempo, como no caso a mudança de horários em nossas vidas.

O horário de verão foi adotado pela primeira vez no Brasil em outubro de 1931, desde então, veio sofrendo diversas adaptações até a sua atual formatação que abrange apenas parte do território nacional e não ele todo como na versão original do decreto que o instituiu. Os estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste farão o ajuste a partir das 00:00 horas do próximo Domingo dia 16/10 e os relógios deverão ser adiantados em uma hora, entretanto, a mudança não é apenas no relógio físico com o ajuste dos ponteiros, mas também, nos hábitos diários, inclusive em nossa alimentação.

O metabolismo é sentido em cada um de nós de maneira muito particular e nos leva a crer que devido ao seu longo período, o horário de verão acaba sendo absorvido aos poucos com poucas alterações, mas, é necessário ajustar nossa alimentação para podermos manter nossa qualidade de vida.
Alimentos frescos e mais leves devem ser colocados em nosso cardápio diário e introduzidos de maneira gradativa, podemos nos espelhar na natureza que nos ensina quais são as frutas, legumes e verduras da época e começar a nos alimentar com elas também, pois, além de mantermos a saúde em dia essa atitude faz bem ao bolso, uma vez que haverá maior oferta desses produtos e consequente baixa nos preços.

Os restaurantes que trabalham com cardápios sazonais acabam levando grande vantagem durantes esses períodos, pois, ofertam alimentos de época e mudam constantemente suas receitas, isso, além de atrair um maior número de clientes, ajuda a manter os custos operacionais baixos e o giro alto, além é claro, de proporcionar uma alimentação mais saudável. Cardápios sazonais são de fácil implantação e requerem estudo e trabalho de pesquisa que pode ser feita através dos fornecedores e de visitas constantes as feiras livres, aliás, um excelente campo de pesquisas.

O restaurante deverá ter além da oferta no cardápio, as fichas técnicas elaboradas para cada receita e as adaptações necessárias nos processos de manipulação dos alimentos, além do cuidado de treinar e capacitar sua equipe para lidar com os novos elementos, as condições de armazenamento e serviço deverão estar adequadas ao novo cardápio, equipamentos de cocção e refrigeração devem passar por manutenção para poderem ser adaptados com mais facilidade, pois, durante o período em que trabalhamos com o horário normal e onde as temperaturas são mais baixas, esses equipamentos acabam tendo seu funcionamento alterado.

No salão é importante manter a limpeza mais constante e deixar o local bastante arejado, a boa circulação de ar e o clima mais ameno e natural auxilia aos clientes a ter uma ótima experiência gastronômica e a levar seus pratos pelas redes sociais com imagens deliciosamente impressionantes.
As combinações de saladas e proteínas ficam em alta e faze-las atrai os comensais a querer experimenta-las, bebidas frescas e sucos naturais estimulam e ajudam o nosso metabolismo a absorver melhor os alimentos e os novos, clima, horário e hábitos.

Manter uma alimentação saudável e balanceada durante o horário de verão melhora o metabolismo e a forma como absorvemos essas mudanças.

Se seu restaurante está interessado em implantar cardápios sazonais e efetivar essas mudanças consulte-nos.

11/10/2016

A Retomada. É hora de fazer as contas.

Nos últimos 4 anos o Brasil viveu e ainda vive uma verdadeira gangorra, onde o sobe e desce de
preços é uma constante, cada movimento da economia, mexe diretamente no bolso de cada um e no prato de cada brasileiro.


Durante este período muitos restaurantes despreparados para essa instabilidade fecharam suas portas e deixaram milhares de colaboradores desempregados, redes de alimentação fora do lar das mais diversas vertentes, reduziram seus investimentos à níveis bastante tímidos, chegando inclusive a fechar algumas unidades, franquias e franqueados tiveram que rever sua forma de operacionalizar para tentar fazer adequações e suportar esses tempos estranhos que vivenciamos.

As notícias nunca foram tão escandalosas, operações da polícia federal, inquéritos, processos, alta de preços, rombos na política e outros fatos públicos, balançaram o setor mais do que os períodos de sazonalidade dos insumos e afetaram diretamente os preços nos restaurantes, tudo ficou mais caro, entretanto, o brasileiro médio, mesmo tendo de fazer escolhas com as quais não estava acostumado, continuou a frequenta-los.

O setor de alimentação fora do lar teve sua estabilidade comprometida no primeiro momento, mas, conseguiu se manter firme, chegando a apresentar alta e crescimento e agora, depois de termos visto de perto o fundo do poço, parece que estamos retomando o crescimento de maneira vertical, quem soube se adequar e colocar a casa em ordem para poder sobreviver a esse período, vai colher os frutos.

A menos de 2 meses para o fim de 2016, é hora de fazer as contas e rever o planejamento para o ano seguinte que parece ser mais estável para o setor, o caminho apontado pelo governo com os cortes internos de gastos, faz a economia como um todo, rever sua curva de investimentos, só que dessa vez com mais firmeza, já que não vamos pagar todas as contas dos erros cometidos, apesar delas ainda serem um peso a mais a ser carregado.

A indústria que envolve o setor de alimentação fora do lar tem investido gradativamente em tecnologia para melhorar os processos, equipamentos e maquinários contam com mais dessa tecnologia, insumos e produtos começam a aparecer com mais qualidade e os investimentos em melhoria na segurança alimentar vem sendo feitos, no campo os produtores reduziram o uso de defensivos agrícolas e passam a produzir mais por hectare com o uso de multiculturas e aplicação de técnicas de cultivo naturais, profissionais do setor de alimentos e bebidas estão retomando seus estudos e pesquisas para melhorarem seus conhecimentos e aplica-los no dia a dia.

Apesar de estarmos engatinhando, tudo isso já é o começo da retomada de investimentos, todas essas melhorias devem aparecer já no começo de 2017 e consequentemente ir à mesa dos brasileiros que clamam por elas, afinal, dentro da macro economia, o setor de serviços, como no caso, a alimentação fora do lar, é uma das mais importantes engrenagens que movimentam os investimentos no país e pode ser através desse setor que o Brasil volte a crescer.

O equilíbrio das contas de cada empresa do setor é importante para o todo, é necessário repensar o planejamento de maneira sólida e gradativa e usar o que aprendemos durante esse período negro para a economia em geral, mesmo que tenhamos feito progressos, pois, o setor não parou de crescer, reduziu sua velocidade mas, não parou. Empresários, especialistas e profissionais devem começar a fazer a lição de casa.

Investir em tecnologia para melhorar a produção, eliminar os gargalos de desperdícios, capacitar profissionais, exigir insumos e produtos com mais qualidade e saudabilidade deve ser a mola propulsora da retomada de crescimento, aprendemos durante esse tempo que não há outro caminho a não ser o de oferecer o melhor para obter o melhor, nesse sentido, a indústria e o comercio de alimentos perceberam que não é apenas uma exigência do público, mas, uma ferramenta que funciona e que reflete no caixa.

É hora de fazer essas contas, investir em pessoas, processos e produtos, pense nisso!

03/10/2016

Desafio da Carne II O porco.

Carne de Porco.
Através de uma visão técnica com informações
importantes para o consumo e para a saúde.
Neste ano a INFOOD mostra ao público profissional e aos consumidores os benefícios desse alimento. Serão seis semanas com matérias repletas de informações que ajudarão os profissionais e entender o uso e os benefícios dos cortes de carne de porco, em diversos pontos e ainda, levar os corte para dentro de seus cardápios, proporcionando opções e experiências diferenciadas. Acompanhe a série.

Nesta semana a nutricionista Daniella Zenga Carrenho esclarece com dados técnicos e nutricionais todos os benefícios da carne de porco e traz informações importantes quanto ao consumo diário da proteína para a nossa saúde: Os benefícios da carne suína para saúde.

29/09/2016

Top Master Classes 2016.

The Ucraine Top Master Classes
by Celebrity Chef  Gianfranco Chiarini.
Durante a viagem de mais de 8 mil quilômetros pelo leste europeu, nosso CEO, o Chef Gianfranco Chiarini e a Chef Anna Chiarini, apresentaram uma Master Class na Ucrânia, reunindo Chef locais e apresentando suas criações culinárias.
O evento deu uma nova visão a gastronomia local e aos Chefs participantes uma excelente oportunidade de aprender e compartilhar seus conhecimentos através da integração.

Os resultados podem ser vistos através do álbum de fotos compartilhado em nossa Fan Page no Facebook ou diretamente na Fan Page do Chef Gianfranco Chiarini.

Gianfranco Chiarini e Anna Chiarini, são talentos natos capazes de reunir pessoas e profissionais em qualquer parte do mundo através de suas criações. Gianfranco com todo o seu talento e sua criatividade, transforma simples reuniões em grandes eventos e nos presenteia com cada uma de suas criações artísticas, seus pratos são verdadeiras obras de arte.
Chef Anna Chiarini
Anna com sua simpatia e sorriso franco e amigo, sempre está pronta a transformar junto com Gianfranco cada momento em um grande prazer por poder compartilha-lo. Cada uma das fotos no álbum do evento, demonstra esses talentos e prova que a resignação e a paciência em ensinar e compartilhar o conhecimento, é a chave para a integração entre pessoas e profissionais em toda parte. Parabéns pelo evento meus caros amigos Gianfranco e Anna!

Acompanhe nossas publicações através de nossa página no Facebook pelo computador ou pelo celular.

27/09/2016

Seminário - Qualificação na gestão em compras em restaurantes.

Nesta quarta-feria dia 28/09/2016, será realizado o Seminário - Qualificação na gestão em compras em restaurantes, com início a partir das 9:00 horas da manhã.

O evento reúne especialistas da área, que vão expor as mais novas tendências aplicadas ao mercado de alimentação fora do lar em matéria de compras.

Fomos convidados a participar com uma palestra cujo o tema é: Rotinas de Compras em relação à organização, as 16:00 horas, nossa intensão e demonstrar técnicas aplicáveis ao setor de compras, utilizando metodologias de administração e organização através de HACCP e Revenue Management.

Outros assuntos abordados pelos especialistas são:

Definição e Homologação de Fornecedor por Helo Mataresi – Especialista em Qualidade;
A compra de Pescados por Daniella Paillo e Sandra Santana;
Atuando e planejando em Compras por Eduardo Scott e muito mais!

A programação completa e outras informações podem ser acessadas aqui: Seminário - Qualificação na gestão em compras em restaurantes.

O Seminário terá na sua abertura as 9:00, a explanação do jornalista Sérgio Lerrer, falando sobre os Valores da Transparência e Cidadania, tema de muita importância nos atuais tempos e que leva a uma reflexão dos profissionais de compras sobre sua atuação no setor. Imperdível!

INFORMAÇÕES:
Dia: 28 de setembro de 2016; 
Local: no Mezanino do Prédio Comercial na Rua Pais de Araújo, 29 – Bairro Itaim Bibi (com estacionamento no local)
Horário: 9:00 horas às 17:30 horas, com intervalo de almoço.